1ª Central de compostagem do Alentejo

Está previsto que a primeira central de compostagem do Alentejo localizada entre os concelhos de Avis e Fronteira no distrito de Portalegre, estará pronta já durante o próximo mês de Julho. Isto são óptimas notícias uma vez que esta central criará cerca de 55 postos de trabalho na zona de Portalegre, além dos benefícios que uma estrutura deste género aporta para o ambiente.

Este projecto de 16 milhões de euros, comparticipado em 40% pela União Europeia é considerado uma passo muito importante para alcançar as metas impostas pela U.E. relativamente ao tratamento dos lixos.

Paisagem Alentejana

Objectivamente esta central transformará os resíduos orgânicos (principalmente restos de comidas, relva e cortes de árvores) de 16 munícipios do distrito em adubos naturais que posteriormente serão colocados à venda tanto para consumidores domésticos como para uso agrícola a grande escala.

Além da produção de adubos completamente isentos de produtos químicos, o tratamento dos resíduos orgânicos traz vantagens a nível de redução da emissão de gases relacionados com o efeito de estufa.

Depois de testes tecnológicos e formação de pessoal, é suposto a central estar a funcionar a 100% em Setembro deste ano. Desejamos que tudo corra bem até lá!

Miguel Almeida

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *