2% do PIB para uma sociedade verde

Investir cerca de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) a nível global, até ao ano de 2050, pode ser a chave para criarmos uma sociedade mais ‘verde’, revela um estudo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Aqui na Toprural damos também algumas dicas de como pequenas coisas podem ajudar.

Mar | Foto de Joaquim Alves GasparA ideia, afirma o programa, é investir cerca de 948 mil milhões de euros nesses sectores cruciais, por forma a tornar-los mais amigos do ambiente. Relembra o PNUMA que hoje em dia, em todo o mundo, são gastos entre 1% a 2% em subsídios que, na sua maioria, “prolongam a insustentabilidade do uso de recursos tais como combustíveis
fósseis, agricultura, água e pesca” (link para press-release do PNUMA).

Os sectores em causa, onde deveria ser aplicado esse dinheiro, são a agricultura, os edifícios, o abastecimento energético, as pescas, as florestas, a indústria, o turismo, os transportes, a gestão de resíduos e a água. Este mesmo estudo afirma que se for investido, anualmente e a nível mundial, qualquer coisa como 78,8 milhões de euros no sector dos resíduos, a taxa de reciclagem pode triplicar em 2050. E, também, o lixo nos aterros poderá diminuir em mais 85%.

Estas políticas mais amigas do ambiente possibilitariam, além do crescimento da economia, a redução da pegada ecológica em metade nos próximos 40 anos.

Para ajudarmos também um pouco, até porque depende de todos nós, deixamos algumas dicas de pequenas acções que podem fazer muito pelo planeta. E nem 2% do seu tempo ocupam…

  • Troque as lâmpadas incandescentes por lâmpadas económicas.
  • Quando não utilizar os aparelhos, desligue-os mesmo! Ficar em stand-by consome energia também.
  • Quando comprar electrodomésticos, opte por aqueles que tenham consumos energéticos mais baixos.
  • Ao comprar produtos de qualquer espécie, opte por aqueles com o mínimo de embalagem possível.
  • Utilize mais vezes os transportes públicos, e menos o automóvel. Melhor ainda: viaje de bicicleta!
  • Coma menos carne vermelha. Olha pela sua saúde, e ao mesmo tempo contribui para um melhor meio ambiente, dado que a produção de carne vermelha consome muito mais recursos que, por exemplo, a produção de carne branca.
  • Recicle. Sempre!
  • Não abra o seu frigorífico muitas vezes. Tire o máximo de produtos de cada vez.
  • Descongele a sua arca congeladora regularmente, para eliminar o gelo residual que leva a maiores consumos.
  • Opte por produtos nacionais. Além de estar a contribuir para a economia do seu país, está a optar por produtos que tiveram menos custo de transporte e, consequentemente, menos agressivos ao meio ambiente.
  • Falando em compras: leve os seus sacos e não traga os de plástico da loja.
  • Tome banhos rápidos e aproveite os momentos de ensaboar para desligar a água.
  • Feche a água ao escovar os dentes. Abra a torneira apenas quando necessário.
  • Coloque uma garrafa de água cheia dentro no autoclismo. Assim cria volume que se traduzirá em menos água por descarga.

É assim que tudo começa: pequenas acções para o bem maior. Para salvarmos o planeta do negro destino que se lhe adivinha.

Se quiser consultar o estudo do PNUMA, pode fazê-lo aqui (link em inglês)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *