7 dicas para fotografar a natureza e espaços rurais como um profissional

Fazer uma viagem rural dá-nos a oportunidade de ampliar a ligação com as nossas raízes. A natureza, a tranquilidade e o desprendimento associados a este tipo de espaços ajudam-nos a desenvolver a criatividade através da fotografia. Contudo, antes de ser criativo, é melhor conhecer algumas técnicas para fotografar como um profissional em espaços rurais.

Foto CC de Jsome1

Retratos e Trabalho
Uma das maravilhas do mundo rural é o facto de as pessoas estarem mais abertas à conversa. A vida decorre a um ritmo mais lento em relação à metrópole; também para quem ali vive que em princípio, conhece e é conhecido pelos restantes, e também a região. Há sempre tempo para uma boa conversa por isso fale com os moradores locais. Tente entender o que os move, o que fazem no seu dia-a-dia. Com alguma sorte deixá-lo-ão retratá-los sem problemas e insistindo um pouco poderá fotografá-los nas suas lides diárias.

Paisagens
Para fotografar paisagens é sempre ideal levar um tripé. Embora não seja imprescindível, uma vez que haverá sempre onde apoiar a máquina, evitará qualquer inconveniente ao ter este acessório consigo. O tripé ajudará a usar uma abertura reduzida no diafragma que é o ideal nestas situações para obter uma maior profundidade de campo; e razão pela qual talvez queira utilizar uma ISO mais elevada. Há muitos mais conselhos, pelo que lhe recomendamos consultar informação como estas 5 dicas para fotografar paisagens.

Procure contrastes
As cores e os cenários dos espaços rurais exigem ser fotografados. Portanto, procure a forma de conseguir que aquela flor vermelho-sangue contraste bem com o muro amarelo, por exemplo. Não tarde em captar o senhor de idade cansado, acompanhado da sua neta cheia de energia. Procurar a forma de criar contrastes dar-lhe-á a possibilidade de conseguir fotos de imenso poder visual.

Foto CC de João Coelho

Aproxime-se!
Uma das coisas mais bonitas com que a natureza nos brinda são precisamente os detalhes e o espectro de cores, texturas e outras características físicas. Por estas razões, aproxime-se. Aproxime a sua objectiva e capte um cão bem-disposto que brinca consigo, divirta-se captando a beleza das flores do pátio traseiro da casa rural onde se hospedou, o touro na planície, etc.

Perspectivas
Tente usar sempre perspectivas diferentes. Suba à árvore, entre na lama, suba ao burro! Faça por ter sempre uma perspectiva distinta da anterior, experimente diferentes ângulos.

Aja naturalmente
Ganhe a confiança dos moradores locais metendo conversa e sendo sincero. Isto é, se quer tirar uma série de fotos ao grupo de homens que jogam às cartas no jardim ou no bar, aja com naturalidade, explique que está a documentar a vida local e que por isso mesmo gostaria de retratá-los a jogar às cartas. Ao permitirem-no verá provavelmente que qualquer timidez inicial desaparece e até se habituarão à sua presença.

Utilize a regra dos terços
Apesar de muitas vezes o fazermos por instinto, é melhor fazê-lo conscientemente e compor de acordo com esta regra. A ideia aqui é dividir o que vemos no visor em três partes (horizontais e verticais). Se não sabe ao que nos referimos, recomendamos-lhe este artigo sobre composição fotográfica.

Se quiseres aprender mais, na Toprural também há muitas casas rurais com workshops de fotografia.

O mundo da fotografia está repleto de truques e segredos. Cada um terá as suas dicas e coloca maior peso em truques diferentes para obter as suas melhores fotos. Tem alguma dica que queira partilhar? Deixe-nos uma mensagem!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *