Casas rurais ‘gastronómicas’

Portugal tem uma rica gastronomia, com grandes diferenças, mesmo para um pequeno país. Mas,  isso já você sabe. Desafiamo-lo, no entanto, a fazer um percurso gastronómico por Portugal, aproveitando para descansar numa casa Toprural.

Açorda Alentejana | Foto de Filipe Fortes

Algumas das nossas casas rurais oferecem mesmo algumas das iguarias da região. No entanto, em todas elas, por certo, encontra conselhos sobre onde comer bem!

Porto, Norte e Alto Douro

Comecemos pelo Porto: aqui, a nível gastronómico, são as francesinhas as mais emblemáticas. Espécie de sanduíche com linguiça, salsicha, fiambre, carnes frias e bife, que tem depois a particularidade de ter queijo derretido por cima, sendo servida num prato com o característico molho. Passando para o restante da região, por aqui pode também aproveitar para desfrutar de pratos como os rojões (à moda do Minho), papas de sarrabulho ou bacalhau à Gomes de Sá. E, claro, não podemos esquecer as tripas à moda do Porto, prato que remonta à época da conquista de Ceuta: para abastecer os barcos da expedição, a população entregou a carne que tinha armazenada, daí que pouco sobrou e a criatividade deu lugar a este prato único.
Conheça casas rurais com percursos gastronómicos no Porto, Norte e Alto Douro.

Região Centro e Douro Sul

Na região Centro, onde se incluem as Beiras, um dos sabores que  assume destaque é o queijo da Serra da Estrela. Feito com leite de ovelha, este queijo amanteigado é considerado um dos melhores de Portugal. No campo dos pratos típicos, nesta região encontra a chanfana (feito com carne de cabra), ou os maranhos (saco do bucho recheado com carne e outros condimentos). Ponto forte é também o leitão da Bairrada.
Fique com algumas casas rurais com percursos gastronómicos na região Centro e Douro Sul.

Lisboa e Vale do Tejo

Em Lisboa, um dos pratos que melhor define essa “instituição” que é o petisco: caracóis. São muitos os restaurantes ou simples tascas onde os pode comer, mas como são um prato de Verão, agora não encontrará muitos. Outro prato típico, e também normal nos dias mais quentes, é a sardinha assada, acompanhada apenas com batata cozida e salada. Ou então, simples, em cima de uma fatia de pão. São também típicos os pratos de amêijoas à Bolhão Pato ou o choco frito da região de Setúbal.
Conheça as casas rurais com percursos gastronómicos em Lisboa e Vale do Tejo.

Alentejo

Região conhecida por ter uma gastronomia simples, baseada nos produtos naturais da região, tem na açorda alentejana um dos seus ícones. Alho, azeite, pão, ervas e pouco mais, trazem um sabor especial a esta espécie de sopa. Por falar em sopa, a de cação é também apreciada na região do Alentejo. Outros pratos incluem as migas com entrecosto, ou o gaspacho (sopa fria).
Fique com casas rurais com percursos gastronómicos no Alentejo.

Algarve

Como região dominada pelo mar que é, muitos dos pratos algarvios assentam naquilo que o oceano tem para oferecer. É o caso dos chiquinhos à algarvia. O xarém com conquilhas, bem como a caldeirada à algarvia são outros atractivos. E, claro está, qualquer prato com peixe grelhado é uma delícia de frescura.
Conheça as casas rurais com percursos gastronómicos no Algarve.

Açores

Entre as maravilhas gastronómicas das ilhas dos Açores, destaque para o cozido à portuguesa das Furnas. Aqui, aproveitando o calor do solo, tudo é cozinhado introduzindo o tacho com os ingredientes num buraco escavado na terra. As lapas grelhadas são também um atractivo gastronómico, bem como muitos outros pratos de origem oceânica.
Veja as casas rurais com percursos gastronómicos nos Açores.

Madeira

A espetada é um dos pratos mais emblemáticos. Trata-se de uma rica espetada que tem a particularidade de ser feita num espeto de pau de loureiro, dando um outro sabor aos ingredientes. A acompanhar, nada melhor que bolo do caco, que ao contrário do nome, trata-se de um pão de trigo, que tanto pode ser consumido como acompanhamento ou como entrada. Outro prato típico é o coelho do Porto Santo à caçador.
Conheça as casas rurais com percursos gastronómicos na Madeira.

Boa viagem. E, já agora, bom apetite.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *