Descanse no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

O nome é comprido, tal como o seu território. O Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina estende-se desde a ribeira da Junqueira, em São Torpes, no Alentejo, até à praia de Burgau, já na costa Sul do Algarve. Mais uma sugestão da Toprural, assinalando este que é o Ano Internacional das Florestas.

Sobreiro, uma das espécies em maior número no Parque | Foto de TrarothCom uma extensão de 110 km, este Parque Natural ocupa mais de 55 mil hectares, englobando muitas das emblemáticas praias alentejanas e algarvias, como Porto Covo, Zambujeira do Mar, Vila Nova de Mil Fontes, e Odeceixe. Demonstrativo do facto deste ser um Parque extenso está no facto de atravessar quatro concelhos: Sines, Odemira, Aljezur, e Vila do Bispo.

Neste Parque poderá  encontrar espécies da flora como o característico sobreiro, carvalho cerquinhomedronheiro, eucalipto e pinheiro-bravo. No que diz respeito a animais, encontra espécies como a águia-pesqueira e a águia-de-Bonelli, o falcão-peregrino e a cegonha-branca que nidifica em árvores, prédios velhos ou mesmo em postes de electricidade, numa rara situação em todo o mundo. Raro é também o facto de algumas lontras que por aqui habitam utilizam o mar para as suas pescarias. A estas fazem ‘companhia’ animais como os texugos, sacarrabos, fuínhas, javalis e raposas.

Se este Parque se estende da costa alentejana à costa algarvia, encontrará na sua divisão aquele que o ponto mais ocidental da Europa continentel: o cabo de São Vicente, na região de Sagres.

Boa Viagem!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *