Reciclar rolhas de cortiça

Green Cork é o programa de reciclagem de rolhas de cortiça que permite aproveitar esse produto natural e dar-lhe muitas outras utilidades. A Toprural, neste que é o Ano Internacional das Florestas, fala-lhe um pouco mais deste projecto.

Sobreiro | Foto de Jean-Pol GRANDMONT

O Green Cork tem como grande objectivo a transformação das rolhas noutros produtos, mas também, com este esforço de reciclagem, permitir o financiamento de parte do Programa “Floresta Comum”, que leva a cabo a plantação de novas árvores de espécies mediterrânicas, como o sobreiro.

As rolhas de cortiça recicladas não serão mais utilizadas para produzir novas rolhas. No entanto, têm muitas outras aplicações, desde a aplicação na indústria automóvel até à construção civil (para, por exemplo, isolamentos).

Em defesa da rolha

Há, segundo a organização deste programa, que “defender a rolha de cortiça como produto que garantiu e deverá continuar a garantir a manutenção do montado de sobreiros”, um ecossistema que, afirmam, absorve qualquer coisa como 4,8 milhões de toneladas de CO2 por ano.

Uma vez que a cortiça é a casca da árvore, também retém CO2 (cada tonelada de rolhas contém cerca de 1,07 toneladas de CO2). Ao ser reciclada, evitam-se emissões deste gás para a atmosfera, ao contrário do que acontece quando se decompõe ou é incinerada.

Como participar?

Pode, desde já, começar a recolher rolhas e desafie os seus amigos a fazer o mesmo. Depois, para entregar os materiais recolhidos, veja no site da Green Cork onde o poderá fazer.

2 thoughts on “Reciclar rolhas de cortiça

  1. Joseph

    Ne3o tenho esse mas tenho “A Mulher na Sala e na Cozinha” da mesma autora e que e9 proseico! 🙂 Todas a mulheres da famedlia o team e todas edie7f5es diferentes e sempre melhoradas 😉 o da minha me3e (81 anos) ainda e9 de capa dura, vermelha e letras douradas, com as folhas bem amarelecidas e com anotae7f5es/emendas a le1pis que ela foi feito ao ,longo de tempo e de muitas experieancias (claro que je1 copiei algumas! :)), o da minha irme3 (55 anos) je1 e9 mais ‘moderno’, o meu (44 anos) e9 a 16aa edie7e3o! e o da minha sobrinha (27 anos) e9 bem mais ‘giro’. Vi no site da editora que ainda se vende, je1 vai na 19aa edie7e3o.c9 muito pre1tico e tem ate9 uma sece7e3o de receitas para cada dia da semana onde se aconselha, por exemplo, fazer o jantar com ‘restos’/sobras do almoe7o. 🙂 bem a calhar nos tempos de crise que correm. ;)))Bjs,Mila

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *