Tag Archives: concursos

Como criar um concurso no Facebook para o seu alojamento rural

Há cerca de um mês contámos-lhe as novidades imprescindíveis para conhecer um pouco melhor o funcionamento do Facebook, na nossa série de artigos dedicada ao Turismo Rural e Redes Sociais. Hoje trazemos-lhe uns conselhos e dicas sobre a criação de concursos e promoções no Facebook.

1. Concursos e sorteios

O primeiro passo é definir se queremos um concurso ou um sorteio. Qual é a diferença entre estes dois tipos de promoção? Nos concursos pede-se a participação e elege-se um vencedor em função da sua habilidade, criatividade, talento, rapidez de resposta, etc. Resumindo, é necessário fazer algo para ganhar um prémio. Num sorteio os vencedores são escolhidos de forma aleatória.

2. Objectivos

De nada nos serve criar um concurso ou outra promoção se não sabemos o que pretendemos com essa acção. O primeiro passo é a definição de objectivos claros, concisos, alcançáveis e mensuráveis. Alguns exemplos destes objectivos:

  • Conseguir mais fãs. Quantidade “pura e dura”.
  • Premiar os nossos seguidores, por estarem presentes.
  • Aumentar a interacção na nossa página, de forma a que as nossas publicações sejam mais visíveis no Facebook (graças ao EdgeRank).
  • Aumentar a nossa base de dados para comunicar ofertas, descontos, etc.
  • Promover eventos.

3. Desenho do concurso 

Uma vez clarificado o que pretendemos, passamos a definir como vai ser o concurso, em vários passos:

  • Mecânica. Trata-se de definir em que vai consistir o concurso e o que se vai oferecer. É muito importante que não seja um concurso muito complicado, de modo a maximizar a aderência do público, e também que o prémio corresponda ao esforço que solicitamos com a filosofia da nossa promoção. Alguns exemplos de prémios são um fim de semana no nosso alojamento, um cabaz de produtos biológicos, um tratamento no nosso spa, um passeio guiado, uma prova de vinhos, etc. Há muitas opções.
  • Bases legais. É muito importante deixar claro umas bases legais (i.e., termos e condições de participação, complexos ou não) de todas as características do concurso: quem o organiza, o âmbito e duração, requisitos de participação, prémios, mecânica do concurso, a selecção de premiados e comunicação do(s) vencedor(es), protecção de dados, etc. Deixamos um exemplo das bases legais do concurso de Opiniões Toprural.
  • Criatividade e descrição. Neste ponto referimo-nos a a criar uma imagem para ilustrar o concurso. Tem de ser apelativa (de forma a motivar e incentivar as pessoas a participar) e de certo modo descritiva (para que, através da imagem e uma afirmação/slogan, todos queiram participar). Partilhamos, a título de exemplo, a nossa imagem para o concurso “7 Maravilhas Rurais de Portugal”. Devemos ser claros e concisos, tanto na imagem como no texto (por exemplo: “Participa e ganha um fim de semana para dois”).
  • Regras específicas. Há que ter muito em conta que o Facebook tem regras específicas para a realização de concursos e promoções nas suas páginas. Por exemplo, os concursos devem ser recolhidos em aplicações específicas, não se podem fazer simplesmente no mural, as fotografias de capa têm de possuir dimensões e características específicas, etc. Aconselhamos a leitura da página onde se explicam as restrições e normas para as promoções no Facebook.

4. Ferramentas

Como vimos no ponto anterior, as promoções e concursos devem realizar-se numa plataforma específica para tal, e não directamente no muro da sua página de Facebook. Para tal existem várias opções. Duas das mais populares e económicas são a EasyPromo e a CoolTabs. Oferecem diferentes possibilidades de concursos, oferecendo um desenho claro e fácil de usar, tal como métricas e a possibilidade de exportar os participantes e demais dados do concurso para um documento Excel (também útil se pretendemos ampliar a nossa base de dados). Além disto, tanto uma como outra ferramenta dão a possibilidade de experimentar o serviço, já que a primeira promoção é gratuita.

Outras ferramentas para concursos no Facebook (via) são:

  • Antavo: a sua principal característica é que podemos personalizá-la bastante. Entre as promoções possíveis também temos disponíveis campanhas de cupões;
  • Cubio: menos conhecida mas totalmente gratuita. Permite colocar o logo da empresa no concurso;
  • Little Promo (TriSocial): Pode organizar sorteios, descontos e ofertas para grupos. Também tem em conta os requisitos legais do Facebook, pelo que lhe facilitará mais a vida.

5. Difusão

Muito bem, já temos todo o concurso montado, mas como o difundimos para que alcance o maior número de pessoas possível? Algumas ideias:

  • Publicá-lo em redes sociais (todas as que possua, obviamente). Atenção: não caia na categoria de “spam” ao repetir constantemente o mesmo conteúdo. Modifique-o com informação interessante para os seus seguidores.
  • Colocar um banner no seu blog ou página web com enlace ao concurso, durante o tempo em que o mesmo estiver activo (e quando terminar, retirar esse banner).
  • Divulgar para uma lista de contactos ou newsletter, comunicando aos seus clientes que organizou um concurso e que os convida a participar.
  • Pedir difusão a amigos e/ou familiares, conhecidos, etc. É a técnica mais antiga de todas e funciona 🙂
  • Investir uma quantidade do orçamento do concurso em anúncios de Facebook ou artigos patrocinados (nos próximos capítulos desta série explicaremos como funcionam).

6. Medir resultados

De pouco ou nada serve fazer um concurso, investindo tempo, dinheiro e vontade no mesmo, se depois não medimos os resultados de forma a saber se funcionou. Os resultados a medir dependerão muito dos objectivos traçados inicialmente. Alguns exemplos básicos:

  • Número de fãs obtidos
  • Alcance obtido para cada publicação
  • Número de participantes
  • Número de clicks
  • Número de shares, likes e comentários
  • Resultados orgânicos vs pagos (no caso de termos investido em Facebook Ads)

E, sobretudo, que se divirta organizando o concurso e a entregar o(s) prémio(s). Estas são as nossas recomendações, baseadas na nossa experiência. Que outras gostaria de partilhar?

Mais informação: 

Convento da Provença: eleito o alojamento rural com a melhor lareira

A fotografia abaixo é a vencedora do nosso passatempo para votar na melhor lareira, e que teve lugar na nossa comunidade do Facebook. Pertence ao Convento da Provença, também vencedor do concurso da melhor piscina.

Voltámos a entrar em contacto com os responsáveis e o proprietário, João Carlos Guerra Pinto, desta vez para descobrir mais sobre o passado do Convento, as suas origens e o que despertou a curiosidade para a reconversão em unidade de turismo rural. É um bom exemplo de como nasce um alojamento de turismo rural.

O Convento estava abandonado desde o século XVI mas tem 700 anos documentados de história, o que fascinou os proprietários de imediato. O local terá sido um eremitério, embora não se saiba bem em que época se instalaram os eremitas na zona.

No séc. XIV, D. Fernando doa o lugar a Fernão d’Alvares Pereira. Após a morte deste em 1384, a sua mãe doa o local de novo aos monges. No entanto, os habitantes da zona não queriam abdicar das terras férteis e os monges acabaram por abandonar o lugar. Os séculos passaram.

Foi em 2003 que os proprietários visitaram o local, apercebendo-se que estava à venda: as fotografias e descrição do espaço deixaram-nos curiosos. Não conheciam a zona mas ficaram encantados: as ruínas, a serra e toda a envolvente natural transmitiram-lhes bem-estar e a sensação de liberdade. O património cultural e a gastronomia da região ajudaram também a tomar a decisão de aquisição do espaço.

Contam-nos os proprietários que ainda demorou até “saber bem a função que lhe devíamos dar, mas ao fim de algum tempo percebemos que não podíamos guardar aquele lugar só para nós e decidimos reabilitá-lo transformando-o num turismo rural”. Assim começaram as obras que, ao longo de 2 anos, se focaram no objectivo de voltar a “dar dignidade ao local“, ao mesmo tempo que era equipado para que pudesse oferecer todas as condições e conforto, para que outras pessoas pudessem usufruir do espaço.

A característica de destaque do Convento é, segundo os donos, a sua história. O espaço está decorado com armaduras, armas e antiguidades históricas. Verdadeiras relíquias que transformam o espaço numa espécie de museu.

Na Toprural, o Convento da Provença ainda não têm comentários de hóspedes. No entanto, contam-nos que “o que os nossos visitantes mais costumam valorizar é a localização privilegiada da propriedade perfeitamente inserida na paisagem natural, o ambiente calmo e a decoração muito específica do espaço, a adaptação a cada estação do ano, ou seja, se estiver frio os nossos clientes podem sempre contar com uma ambiente aquecido e confortável e com a nossa lareira sempre acesa; se for de Verão a nossa piscina exterior está sempre impecável e as esplanadas são uma mais valia. Para além disso os clientes valorizam bastante o serviço sempre atencioso prestado pelos funcionários“.

Em termos da presença online do Convento da Provença, o Facebook é o meio de comunicação escolhido. É através dessa rede que são divulgados programas de actividades e promoções do espaço. Todas as actividades são da responsabilidade do Convento, embora haja um esforço para estabelecer parcerias com entidades locais de forma a enriquecer a oferta.

Vencedores do VII Concurso de Opiniões Toprural

Já estão aqui finalmente os vencedores do VII Concurso de Opiniões Toprural.

Primeiro, o vencedor do Kindle Touch: Michke por “El hotel rural más bonito” (Esp). Além disto, eis os vencedores dos 7 iPod Shuffle:

Vencedores de um iPod Shuffle
RBasic Segovia por Una Experiencia fantástica para desconectar” (Esp) Usr359729 por Estancia genial en la manchuela conquense” (Esp)
Santiago Obaya por “Boda celta en Porcía” (Esp) Pia Ugarte por “Fantástico fin de semana” (Esp)
Paula Soeiro por”É Mesmo o paraíso” (Por) Nicola Saviana por “Grazie Mario e Lucrezia” (It)
jacs13 por
Calme et tranquilité” (Fr)

Se não está entre os 8 vencedores do Kindle e iPod, não se preocupe. Talvez seja um dos vencedores das 42 camisolas Toprural.

Muito obrigado a todos os que participaram, e parabéns aos vencedores: entraremos em contacto convosco nos próximos dias.