Tag Archives: Peneda-Gerês

Parque Nacional da Peneda – Gerês – Série Serras de Portugal

Esta série falará sobre as belezas naturais das Serras de Portugal Continental, bem como das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Situado no nordeste do Minho, o Parque Nacional da Peneda- Gerês, também conhecido como conjunto serrano da Peneda-Gerês, possui todo o seu raro património numa extensão única de serras localizada entre a Serra da Peneda e a Serra do Gerês.

A região é rica em belezas naturais e o seu ecoturismo apresenta as mais diversificadas espécies de fauna e flora que encantam os amantes da natureza e deixam um desejo de ali voltar. Próximo da fronteira espanhola, o Parque é composto por um grande conjunto de serras, montanhas e picos, tal como o Pico da Nervosa que é o ponto mais alto da Serra do Gerês e é considerado o segundo mais elevado de Portugal Continental com altitudes que chegam aos 1.546 metros.

1378907568

A Serra de Soajo, que faz parte do sistema montanhoso da Peneda-Gerês, é umas das mais notáveis de Portugal Continental com 1.416 metros de altitude. Situada no Alto Minho, é revestida por pequenas vilas rústicas que estão interligadas por vários percursos e trilhos que se podem encontrar pela serra.

1378907340

A Serra Amarela, com toda a sua extensão entre a Serra do Gerês e a Serra do Soajo, localiza-se entre os concelhos de Ponte da Barca e Terras de Bouro. Tem este nome devido à sua vegetação, maioritariamente rasteira, ser amarelada. O visitante poderá apreciar os seus locais de tranquilidade serrana, tais como os seus vilarejos ou simplesmente a maravilhosa vista panorâmica a 1.362 metros de altitude.

3

A Serra d’Arga é conhecida por ter origem em afloramentos graníticos que fazem com que as rochas aqui existentes sejam nitidamente reconhecidas como pertencentes a esta serra. Com 825 metros de altitude, a serra está rodeada por oito aldeias onde a preservação do seu património tem sido conseguida com a ajuda dos habitantes e instituições locais.

Autêntica pela sua fauna e flora, a serra também pode ser vista como um museu ao ar livre que guarda lendas e antigas histórias da região.

A Serra do Gerês (em galego, Serra do Xurés) abrange serras e rios que complementam a sua extensão de grande valor natural. Repleta de animais de caça, esta serra tem também uma vasta área protegida para que a fauna e flora mantenham a sua diversidade e o seu destaque como as maiores riquezas aqui encontradas. Com 1.430 metros de altitude, e com um exclusivo acesso através do percurso terrestre, é um local indicado para caminhadas e para a observação de um vasto território que se estende até à Serra do Marão.

1378907185

A Cascata do Arado é de uma beleza única, e o percurso das suas águas limpas e cristalinas atrai os amantes da natureza que o procuram principalmente no verão, onde encontram um local propício a banhos refrescantes de pureza preservada. Localizada junto à aldeia da Ermida, no coração do Parque Nacional, a cascata encontra-se no curso do rio Arado e está rodeada de rochas e vegetação abundante que embelezam ainda mais o lugar.

O acesso à Cascata do Arado é feito através da aldeia da Ermida, por uma estrada florestal, que o leva até à ponte sobre o rio Arado.

1378908099

A Cascata de Leonte é uma queda de água que forma de um lado uma pequena lagoa de águas límpidas, onde os visitantes podem tomar banhos e se envolver com a tranquilidade do lugar. Por estar rodeada de percursos pedestres, esta área chama não só a atenção dos amantes da natureza, mas também dos aventureiros que simplesmente chegam até ao local da Portela do Homem usando os muitos trilhos aqui existentes. Situada perto das Caldas do Gerês, a Cascata de Leonte toma forma devido às águas provenientes do rio Homem, que caem do alto de uma peneda.

1378906601

A Cascata da Laja torna-se deslumbrante por estar num panorama montanhoso, fazendo com que seja mais procurada por quem gosta de caminhadas e trilhos pedestres. Não é um local indicado para banhos de verão, mas a paisagem circundante está repleta de espaços únicos de beleza natural. Situada nas Caldas do Gerês, na freguesia de Vilar de Veiga, esta Cascata tem como seu acesso o famoso percurso pedestre, o Trilho da Preguiça, que se inicia na Portela do Homem.

A Portela do Homem é um passo de montanha rodeado por rochas que complementam a beleza dos seus espaços verdes. Aqui encontra-se um famoso bosque, conhecido como Mata da Albergaria, que tem grande importância na região. Está localizado na fronteira entre Portugal e Espanha e é um dos pontos mais procurados pelos viajantes devido à existência do “Trilho das 6 Pontes”, que se enquadra na magnífica paisagem do local. De referir ainda a existência de uma cascata no rio Homem, a 800 metros de distância.

1378908496

Arcos House: a casa vencedora do concurso Melhor Jardim Toprural

Há quase um mês demos início a mais um passatempo Toprural, com o intuito de eleger, através da nossa página no Facebook, aquele que os seguidores considerariam o melhor jardim.

É assim que hoje damos o devido destaque à Arcos House, um alojamento rural em Carralcova, Viana do Castelo, e que foi a grande vencedora do concurso “Melhor Jardim Toprural”. A fotografia eleita, exposta abaixo, recebeu 42 do total de 125 votos dos nossos seguidores. Deste modo, os proprietários Rui Marinho e Paula Pereira ajudaram-nos a descobrir mais sobre a casa.

Arcos House

O empreendimento nasceu da vontade de se recuperar um dos lugares típicos de Carralcova, uma pequena aldeia em Arcos de Valdevez. Após uma visita casual à mesma, aquele conjunto de habitações conciliado com a paisagem atraiu os proprietários o suficiente para meter mãos à obra. Estavam com “um elevado estado de degradação, quase cobertas de vegetação, todas devolutas, resultado da emigração dos seus proprietários“, contam-nos os actuais donos.

No entanto, a inexistência de construções terceiras entre as casas e a proximidade conjunta permitiu recuperá-las mantendo o traço de origem do conjunto, e dotando-as do conforto e comodidade que correspondam às necessidades modernas. Levou um ano até a primeira casa estar pronta para receber os primeiros visitantes. Começou-se aos poucos, adquirindo e recuperando as casas: actualmente são 8 alojamentos activos (T0, T1, T2 e T3) e, brevemente, juntar-se-ão mais três casas/apartamentos a esta oferta, tal como um restaurante, uma piscina e campo de ténis.

Arcos House - quarto

Afirmam Paula e Rui que a beleza natural (e as suas paisagens), o silêncio ideal para um bom descanso e a simpatia dos residentes da região são o que mais os atrai à mesma. Aliás, a aldeia está mesmo ao lado do Parque Natural da Peneda-Gerês, “o que lhe confere uma riqueza única em fauna e flora (…), a pureza das águas que correm em dois rios que cercam a aldeia (Ázere e Porto Avelar), o silêncio apenas quebrado pelo barulho dos animais que atravessam a aldeia para os pastos, sem dúvida um lugar mágico“.

A principal característica da Arcos House, desde o ponto de vista dos responsáveis, é o gostar de receber, de tentar oferecer aos hóspedes uma estadia memorável, através de casas confortáveis e “ideais para viver momentos únicos“. E é assim que muitos visitantes se sentem em relação ao projecto e à qualidade do que lhes é disponibilizado, destacando muitas vezes os jacuzzis como um “must“.

Em relação à variedade das casas, há oferta para todo o tipo de grupo de viajantes. Para quem viaja em família e com crianças, e sobretudo porque vêm aí as férias escolares no Verão, é de mencionar que tanto a Casa da Nascente como a Casa do Penedo são as mais indicadas para tal. A primeira, de tipologia T2, inclui piscina, jacuzzi e sauna, enquanto que a segunda (um T3) disponibiliza parque infantil e piscina.

Arcos House - vista

Na zona encontrará ainda várias actividades para passar o tempo, nomeadamente percursos terrestres / trekking. Estes são organizados pela Arcos House em parceria com uma entidade local.

E assim, finalizamos com a fórmula para o melhor remédio anti-stress, segundo Rui e Paula: uma combinação de silêncio, paisagens deslumbrantes e um bom jacuzzi. Qual é a sua?

Visite as 7 Maravilhas Naturais de Portugal

Dia 11 de Setembro ficámos a conhecer as 7 Maravilhas Naturais de Portugal, eleição onde  o arquipélago dos Açores se destacou com as suas duas ‘maravilhas’. A Toprural aconselha a visita e ainda lhe sugere algumas casas rurais pelo caminho.

Lagoa das Sete Cidades
Uma das ‘maravilhas’ açorianas, vencedora na categoria de Zonas Aquáticas Não Marinhas, e que pode ver na foto em cima. A Lagoa das Sete Cidades fica localizada a noroeste da ilha de São Miguel. Casas rurais na ilha de São Miguel.

Ria Formosa
A Ria Formosa, no Algarve, foi eleita a vencedora nas categorias Zonas Marinhas. Com cerca de 20 mil hectares e 60 quilómetros de costa, apresenta uma fauna e flora únicas. Casas rurais no Algarve.

Portinho da Arrábida
Vencedora entre as Praias e Falésias, o Portinho da Arrábida, na Serra com o mesmo nome, é o recanto perfeito para desfrutar de uns dias de descanso entre praia e serra. Casas rurais no distrito de Setúbal.

Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico
Na categoria de Grandes Relevos, a eleita foi a paisagem vulcânica da ilha do Pico, nos Açores. É ponto mais alto de Portugal, com 2351 metros, e também um dos maiores vulcões activos no Atlântico. Casas rurais na ilha do Pico.

Grutas de Mira de Aire
Eleita na categoria de Grutas e Cavernas, as grutas de Mira de Aire são autênticas belezas subterrâneas, sendo as maiores do país que permite a visita de turistas. O visitante pode descer até aos 700 metros dos 11 quilómetros que as compõem. Casas rurais de Porto de Mós.

Parque Nacional da Peneda-Gerês
Já aqui falámos deste parque, que foi o vencedor na categoria de Zonas Protegidas. Com 72 mil hectares, o Parque Nacional da Peneda-Gerês tem inúmeras razões para visita. Mais que não seja, para um contacto mais próximo com a natureza. Casas rurais no distrito de Braga.

Floresta Laurissilva
A última ‘maravilha’ desta listagem vai para outra região autónoma: é a Floresta Laurissilva na ilha da Madeira, que é também Património da Humanidade. Venceu na categoria de Florestas e Matas. Casas rurais na ilha da Madeira.

Estas ‘maravilhas’ foram escolhidas de um grupo de 21, e a responsabilidade da eleição esteve do lado do povo português. Acha que foram boas escolhas? Deixe-nos a sua opinião.