Tag Archives: praias

5 formas de combater o calor do verão num alojamento rural

É nesta época, quando estamos de férias e em contato com a natureza em alojamentos rurais que somos atingidos por fortes ondas de calor como a que estamos a sentir nestes dias. Como tal, é muito importante termos em conta determinados aspetos e desta forma conseguir evitar inconvenientes causados pelas temperaturas elevadas que em algumas partes do país podem chegar a atingir os 43º.

Foto CC de Giuseppe Bognanni

Quando estamos de férias estamos geralmente tão distraídos com as nossas diversões que nos esquecemos de manter o corpo hidratado, principalmente o das crianças e dos idosos com os quais devemos ter especial atenção.

Se escolhemos a praia como destino de férias, devemos ter presente que, ao contrário do que se pensa, as praias não são, por si só, “refrescantes”. A pouca sombra, a água salgada e uma ou duas cervejas fazem com que os nossos corpos se desidratem muito mais rapidamente do que pensamos. É importante ter isto em conta e tomar as devidas providências.

Para os dias de muito calor é uma boa ideia escolhermos um sítio ou casa rural com acesso a piscina, jardim ou muita vegetação, o que tornará o tempo mais suportável.

Aqui deixamos 5 conselhos para combater o calor de verão:

Manter o corpo hidratado
Não importa quantas vezes ouvimos este conselho, é sempre importante recordá-lo: beber muita água. Devemos repor a água que perdemos no processo de homeostase utilizado pelo nosso corpo para baixar a temperatura do organismo: a transpiração.

Dar um mergulho
Para baixar a temperatura do corpo o ideal é tomar um banho. Existem muitas casas rurais com rios nas suas redondezas e/ou casas rurais com piscinas que valem a pena uma visita.

Alimentos ricos em fibra
Consumir alimentos ricos em líquidos, sais minerais e muita fibra tais como frutas e vegetais. Nas casas rurais geralmente há muitas frutas disponíveis (especialmente aquelas casas rurais que servem pequenos-almoços). Recomendamos os melões, as melancias, as nectarinas e restantes frutas da época.

Evitar bebidas alcoólicas em excesso
A cerveja não refresca… antes pelo contrário: faz com que o corpo de desidrate rapidamente. O mesmo acontece com as bebidas alcoólicas. Procure não exagerar no seu consumo.

Manter as persianas descidas
Se optar por uma casa rural com ar condicionado é igualmente recomendável manter as persianas descidas. Desta forma, para além de se consumir menos energia será mais fácil arrefecer a habitação no final do dia.

Usar chapéu e protetor solar
Não interessa o que estamos a fazer, se somente caminhamos 1 quilómetro ou 10, todas as precauções que tomemos são válidas: para recebermos a menor quantidade possível de raios solares e evitarmos queimar a pele, o ideal é usar um protetor solar com o maior índice de proteção possível e nunca é demais usar um chapéu para protegermos o rosto.

Os dez mandamentos da utilização das praias

De certeza que muitos de vocês já foram à praia este ano e se aperceberam de como estavam limpas. Para podermos continuar a desfrutar com prazer da nossa costa, é necessário respeitar o meio ambiente. Apesar de se levarem a cabo muitas iniciativas ecologistas, o cuidado com as praias é uma tarefa que só funcionará se nos implicarmos entre todos.

Lixo nas praias

1. Respeite o ambiente que o rodeia. Não arranque plantas nem retire  os animais marinhos ou outros seres vivos das suas praias e mar.

2. Não atire lixo para o chão, utilize os contentores próprios separando os residuos. É necessário o aumento de uma recolha seletiva de lixo. Em Portugal recicla-se apenas 17% do lixo municipal produzido.

3. Não verta liquidos contaminantes no mar.

4. Guarde as pontas de cigarros num recipiente que não seja inflamável e que possa transportar consigo. As pontas de cigarros não são biodegradáveis e, tendo em conta o seu pequeno tamanho, podem permanecer nas praias durante 2 anos.

5. Poupe a água dos duches das praias. Mesmo que não seja você a pagar essa factura, recorde que a água é um bem escasso. Permaneça debaixo do duche apenas o tempo necessário para retirar a areia do corpo.

6. Utilize meios de transporte ecológicos para ir à praia. Um passeio a pé ou de bicicleta são a forma mais ecológica de o fazer além de proporcionarem o contacto com a natureza.

7. Se encontrar animais presos na costa (crustáceos ou peixes de grande porte), avise a Proteção Civil para que tenham conhecimento e actuem em conformidade.

8. Não pesque fora das áreas concessionadas para esse fim.

9. Se gosta da prática de mergulho, não toque em nenhuma planta ou animal. Deixe-os viver tranquilos e observe somente como se relacionam entre si e vivem em perfeita harmonia.

10. Divirta-se, sinta as ondas e caminhe pela costa! E volte frequentemente.

Tem algum outro conselho? Partilhe connosco.

Quercus atribui Ouro a 269 praias

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, atribuiu a classificação Ouro a 269 das 493 zonas balneares nacionais. As praias que receberam a distinção tiveram sempre, entre 2005 e 2009, análises de água com a classificação de Boa.

Disponibilizadas pelo Instituto da Água, as análises às águas permitiram também verificar que este ano existem mais 42 praias que mereceram a distinção da Quercus. Deste grupo de 269 ficaram de fora todas as zonas balneares com menos de cinco anos, bem como as que só mais recentemente viram resolvidos os seus problemas de poluição.

Em termos de localização, os cinco concelhos com mais praias Ouro são os seguintes:

De entre todas as zonas distinguidas, encontram-se apenas quatro praias interiores:

Época balnear iniciou a 1 de Junho

Apesar das praias nacionais já serem frequentadas há algum tempo, foi a 1 de Junho que se iniciou a época balnear oficial, que irá prolongar-se até 15 de Setembro.

De 2009 para 2010 foram 52 as praias desclassificadas como zonas balneares. Por outro lado, foram acrescentadas 15 novas zonas. Daqui se explica como se passou das 530 zonas balneares no ano de 2009 para as 493 deste ano.

Veja aqui (88 kb) a listagem completa de todas as praias com a atribuição Ouro dada pela Quercus.