Tag Archives: turismo rural portugal

O turismo rural português acede a 245 milhões de utilizadores graças à Toprural e à HomeAway

A partir de hoje, os mais de 11.000 alojamentos rurais anunciados na Toprural estarão presentes em 21 países a nível global, como os Estados Unidos, Brasil, Austrália, Índia, Alemanha ou Reino Unido, através de 23 websites do grupo HomeAway, em 12 idiomas diferentes.

Toprural acede a 245 milhões de utilizadores

A nova medida, levada a cabo pelo grupo HomeAway, de anunciar todos os alojamentos de turismo rural com subscrição paga na Toprural num total de 23 webs do grupo, equivale a possibilitar o acesso do turismo rural português a 245 milhões de utilizadores únicos em todo o mundo(*) e que anualmente visitam as suas webs. O turismo rural português alcançará definitivamente uma visibilidade internacional enorme e sem precedentes, já que os alojamentos Toprural passarão a estar presentes nalgumas das webs líderes de arrendamentos para férias dos respectivos países: Alemanha, (fewo-direkt.de), França (abritel.fr) e Estados Unidos (vrbo.com), por exemplo.

Alojamentos rurais portugueses acessíveis a todo o mundo

Num momento em que, devido à situação económica actual, o sector necessita de um aumento da ocupação, pernoites e viajantes internacionais, o grupo HomeAway possibilita a que um número superior a 11.000 alojamentos rurais publicados na Toprural em Portugal, Espanha, França e Itália tenham acesso, sem qualquer custo, a 245 milhões de utilizadores em todo o mundo.

Assim, abrir-se-ão as portas de outros mercados ao turismo rural português, além dos países tradicionalmente emissores de viajantes rurais, tais como os Estados Unidos, Austrália, Canadá, países nórdicos e viajantes provenientes de mercados emergentes da América Latina, como o México ou Brasil, e da Ásia (como a Índia). Todo um potencial para o turismo rural nacional, necessitado de medidas do género e que dinamizem o sector.

Uma forma de atrair o turista estrangeiro

A inclusão dos alojamentos rurais em todas as webs do grupo HomeAway marcará “um antes e um depois” na promoção do sector do turismo rural português. Agora, com a promoção mundial do turismo rural, viajantes de todo o mundo poderão reservar uma casa rural com grande facilidade.

Além disto, o novo projecto é uma fantástica notícia para os proprietários de alojamentos rurais, já que pelo facto de terem contratada uma subscrição na Toprural, e sem qualquer custo, terão uma visibilidade internacional incrível.

A maior oferta mundial de alojamentos turísticos

De um ponto de vista estratégico, a inclusão dos alojamentos Toprural num total de 23 webs do grupo HomeAway trata-se de mais um passo no processo de integração da companhia na rede do grupo líder de alugueres de casas para férias a nível mundial, processo que se iniciou o ano passado com a compra da Toprural pela HomeAway.

Paralelamente, esta integração engloba o interesse por parte da empresa em aproximar a grande oferta de turismo rural existente em Portugal do resto do mundo, uma vez que, tal como afirma Aurelie Lepercq, directora regional do Sul da Europa da HomeAway, “estamos convencidos da enorme atracção que o turismo rural português oferece ao turista estrangeiro. Assim, esta iniciativa oferece ao turismo rural e aos proprietários dos alojamentos anunciados na Toprural uma abertura ao mercado exterior, e materializa a oportunidade da HomeAway brindar os viajantes com a maior oferta mundial em alojamentos turísticos, com mais de 700.000 propriedades em 171 países.

——————————————————————————————-

(*) Dados agregados de utilizadores únicos recebidos pela rede de webs do grupo HomeAway nos últimos doze meses (de 31 de Março de 2012 a 31 de Março de 2013). O resultado anual corresponde à soma dos utilizadores únicos por mês das 23 webs analisadas e não excluem os utilizadores únicos duplicados (um mesmo utilizador que visita várias webs do grupo). “Utilizador único” de acordo com a definição do Google Analytics.

Castelos de Portugal: turismo rural numa rota histórica

Depois das elevadas temperaturas do Verão, o Outono em Portugal é uma boa altura para passear e conhecer melhor o país. Assim, desta vez optámos pelo tema dos castelos portugueses, embrenhando-nos um pouco na História de Portugal.

Alguns destes castelos ficam situados no meio de povoações repletas de hábitos e costumes antigos. Outros estão mais isolados, com vistas para planícies ou vales onde outrora tiveram lugar batalhas ou feitos que fazem hoje parte da nossa História.

Partilhamos então convosco uma selecção de alojamentos rurais na Rota dos Castelos de Fronteira de Portugal.


Casa Grande de Juncais – Juncais, Guarda
A Casa Grande de Juncais recebe até 22 pessoas, em vários quartos (com casa de banho) ou apartamentos (com salamandra a lenha, kitchenette e TV). É um solar de granito (séc. XVI) equipado com piscina, ar condicionado, WiFi, sala de jogos, etc. Actividades na zona incluem BTT, escalada, trekking, canoagem, asa-delta, entre outras.


Solar dos Cerveiras – Mesquitela, Guarda
O Solar dos Cerveiras é uma casa antiga em Mesquitela (Guarda) que recebe até 18 pessoas. Embora remodelada com o passar dos anos, ainda são visíveis elementos do séc. XVI. Fica próxima de Linhares da Beira, povoação de tempos medievais, onde poderá visitar um dos castelos desta rota.


Casa do Côro
 – Marialva, Guarda
A Casa do Côro é uma de um conjunto de casas de arquitectura beirã em Marialva (Guarda). Foram primorosamente reconstruídas e são uma boa escolha para escapar à agitação da cidade. A oferta inclui quartos e casas autónomas (adequadas para famílias/grupos) com kitchenette e sala de estar com lareira. Tem uma piscina, jardim, acesso à internet e várias actividades como BTT, percursos gastronómicos, pesca e passeios de barco.


Casa da Cisterna – Castelo Rodrigo, Guarda
Este alojamento (até 14 pessoas) fica em Castelo Rodrigo, onde poderá visitar um dos castelos, num cenário de aldeia típica portuguesa com ruelas empedradas e casas antigas. Grandes aves de rapina sobrevoam a zona onde, no vale abaixo, poderá ver os burros de raça mirandesa. A casa está dotada de biblioteca, ligação à Internet e de um jardim com espreguiçadeiras. Entre as várias actividades à sua disposição encontram-se as praias fluviais, passeios de barco, apanha de azeitonas, entre outras.


Quinta das Pias – Pinhel, Guarda
A Quinta das Pias fica em Pinhel (bem próxima de alguns castelos) e é uma quinta de agricultura biológica familiar remodelada em 2012 que recebe até 10 visitantes. Aproveite a piscina, o campo poli-desportivo (ténis, futebol, etc.) ou simplesmente para passear entre aproximadamente 200 oliveiras centenárias, amendoeiras, uma horta variada e vários tipos de animais de quinta.

Para lhe facilitar o planeamento do percurso, deixamos também em seguida um mapa com 18 castelos para visitar:


Ver Castelos de Fronteira num mapa maior

Os castelos que constam desta rota são: Alfaiates, Almeida, Belmonte, Castelo Bom, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Guarda, Linhares da Beira, Idanha-a-Velha, Monsanto, Penamacor, Penha Garcia, Pinhel, Sabugal, Sortelha, Trancoso e Vilar Maior.

5 alojamentos rurais em zonas de paraquedismo

O paraquedismo e a queda-livre são modalidades que constantemente atraem entusiastas, e Portugal não é excepção.

Sobretudo para os fãs destas modalidades, no domingo passado, dia 14 de Outubro, houve motivo para celebração global, a propósito do salto de Felix Baumgartner e que certamente ficará para a História.

Deste modo, e para quem opte por um “turismo rural de aventura”, fizemos uma selecção Toprural de 5 alojamentos em zonas onde poderá ir saltar de pára-quedas!

Casa Casal do Carvalhal (Barreiros, Braga)
Esta casa que recebe até 14 pessoas, fica muito próxima do Parque Natural Peneda-Gerês. Além da piscina e zona de churrasco, a casa serve todas as refeições e ainda disponibiliza serviços como WiFi grátis e babysitting. Além do paraquedismo, poderá também praticar parapente, BTT, canoagem e usufruir de vários passeios turísticos. Para o paraquedismo poderá entrar em contacto com a Associação de Paraquedistas do Minho.

Casa d’Aldeia (Macieira de Alcoba, Aveiro)
Um destino de refúgio e descanso mais minimalista, esta casa fica na aldeia de Macieira de Alcoba (e em plena Serra do Caramulo) que poderá visitar a pé ou nas bicicletas disponíveis. Aloja até 6 pessoas em 3 quartos. Na proximidade encontrará a praia fluvial de S. João do Monte e a Vila do Caramulo. No que diz respeito ao paraquedismo, contacte o Paraclube de Águeda.

Villa Isaura (Pedrógão Grande, Leiria)
Com 3 quartos de casal e 2 apartamentos, a Villa Isaura é um lugar de descanso num ambiente rústico que contribui para o desenvolvimento turístico do Vale do Zêzere. Possui também um espaço mais amplo para celebrações ao ar livre. A casa disponibiliza também bicicletas caso queira ir conhecer as redondezas, como Pedrógão Grande e a Barragem do Cabril. O próprio concelho possui uma vasta riqueza natural, a explorar. Para a prática do paraquedismo poderá entrar em contacto com a Sky Fun Center.

Casa do Plátano (Arraiolos, Évora)
Até 18 pessoas poderão hospedar-se neste alojamento com 9 quartos (todos com casa de banho própria). Tem também acesso WiFi e piscina, e além do paraquedismo (no aeródromo de Évora; poderá contactar a empresa Skydive) há uma variedade suficiente de percursos (equestres, gastronómicos, pedestres), descida de rápidos, hidrospeed, canoagem, e outros cursos/workshops.

Tapada do Gramacho (Silves, Faro)
Este alojamento, tão próximo de praias como de montanha, hospeda até 25 pessoas em quartos como o “Amália” ou o “Funky”, ou em apartamentos como o “Almodóvar” ou o “Vintage”. Há WiFi grátis aqui, e bicicletas à disposição dos hóspedes. Além da piscina, poderá praticar diversas actividades como paintball, BTT, mergulho, ski aquático, etc. E – claro está – o paraquedismo, que decorre no Aérodromo da Penina (Portimão – pode contactar a Skydive Algarve).

Então, já pensou em fazer paraquedismo ou queda-livre? Deixamos as sugestões e, caso as aproveite, partilhe a sua aventura!