12.º Festival Músicas do Mundo

Sines, a cidade que viu nascer Vasco da Gama, recebe novamente o Festival Músicas do Mundo (FMM) que, desde Julho de 1990, traz a world music ao litoral alentejano. Esta 12.ª edição decorre de 28 a 31 de Julho.

Ao contrário de edições anteriores, em que os concertos abrangiam também um palco em Porto Covo, este ano a programação cultural inclui cinge-se ao palco, junto à praia, na Avenida Vasco da Gama (com capacidade para uma assistência para 15 mil pessoas), e o tradicional palco no Castelo (com capacidade para 7 mil pessoas). “Só” dois palcos, mas a música é mais do que muita!

De referir que os concertos na Av. Vasco da Gama são gratuitos. Já no Castelo, os que se têm lugar à tarde – 18h e 18h30 – têm também entrada gratuita, sendo que para assistir aos espectáculos à noite é necessário comprar bilhete que custa 12,5€. A alternativa é um passe de 40€ que dá direito a entrada nos quatro dias.

Castelo de Sines, onde decorre parte do Festival.

História do FMM

Organizado pela Câmara Municipal de Sines, o FMM é um festival não comercial. Nasceu em 1999 com o objectivo de valorizar o Castelo da cidade, mas depressa ultrapassou as suas fronteiras, tendo agora também lugar outras actividades culturais espalhadas pela cidade, bem como o palco na Avenida Vasco da Gama. De 2005 a 2009 teve também um palco com programação em Porto Covo.

Desde 1999 até aos dias de hoje já estiveram no festival mais de 410 mil pessoas, tendo sido realizados cerca de 200 concertos, muitos em estreia nacional e até europeia. Ficam alguns nomes que por lá passaram: Taraf de Haidouks, Hedningarna, Kronos Quartet, The Skatalites, Tom Zé, Femi Kuti, Hermeto Pascoal, Toumani Diabaté, Rabih Abou-Khalil, Gogol Bordello, Rokia Traoré, Asha Bhosle, Cui Jian, Orchestra Baobab, Cyro Baptista e Lee ‘Scratch’ Perry.

História de Sines

Situada na costa alentejana, a cidade de Sines tem, na sua envolvência, algumas das mais aprazíveis praias de Portugal, como é caso da praia da São Torpes ou de Porto Covo.

Os primeiros vestígios de presença humana remontam ao período do Paleolítico. Situada junto ao Oceano Atlântico, sabe-se agora que no período Neolítico ocorreu também a fixação de grupos autóctones nas praias e em pontos altos e costeiros. Já na Idade do Ferro fixou-se na zona a tribo celta dos Cinetos, que, afirmam alguns, poderá ter dado origem ao nome de Sines.

Também os romanos se fixaram na zona, fazendo da zona um importante centro portuário e industrial, com a baía da cidade, protegida do vento norte, a ser um perfeito porto de abrigo.

Obteve autonomia administrativa em relação a Santiago do Cacém foi obtida em 24 de Novembro de 1362, quando D. Pedro I concedeu carta régia. Aí é construído o Castelo, onde, em 1469, segundo afirmam alguns historiadores, nasceu Vasco da Gama, filho do alcaide da vila, Estêvão.

Actualmente, Sines tem nas suas proximidades um importante complexo portuário e industrial, visível da cidade, mas que não lhe retira beleza.

Alojamento

Fique com algumas sugestões de alojamento na região:

Mais informações: Programa do FMM

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *