Tag Archives: reservas

Paisagem protegida da Serra do Açor – Série Reservas Naturais

A Área Protegida da Serra do Açor foi estabelecida em 1982 com o objetivo de salvaguardar os valores naturais, científicos, recreativos e culturais inerentes. Fica no centro do país, situada entre as serras da Estrela e a da Lousã: as três serras formam uma cordilheira de granitos e xistos conhecida por Cordilheira Central, e que divide aproximadamente o território nacional a meio.

Separada da Serra da Estrela pelo vale do Rio Cava, a Serra do Açor é uma área de 33 km de comprimento por 12 de largura que nos oferece com cenários diversos, desde a Mata da Margaraça até às quedas de água de Fraga da Pena.

A serra está rodeada de História, tradições e costumes de há muito tempo. Zona fértil ideal para a agricultura, é caracterizada pelas “quelhadas” (hoje em dia abandonadas), estreitos patamares de terra arável delimitados por muros de xisto que continham a terra das águas que escorriam das vertentes.

A mata da Margaraça é uma autêntica colecção de espécies arbóreas e plantas, algumas raras no país: aqui encontram-se loureiros, azevinhos, cerejeiras-bravas, medronheiros, madressilvas, martagão, selo-de-salomão, etc.! A abundância de água da região e a consequente riqueza da vegetação possibilitam também a existência de uma fauna diversa, destacando-se o lagarto-de-água, a salamandra-de-cauda-comprida, o tritão, o javali, a coruja-do-mato, o açor, entre muitos outros.

Caso pretenda conhecer esta serra tão especial, a Toprural conta com vários alojamentos na zona.

O que fazer na Serra do Açor

Em termos de povoações a visitar, o principal destaque vai para o Piódão, uma aldeia de xisto numa das encostas da serra, e que em 2011 contava com 178 habitantes. O seu estatuto, ao nível das aldeias, é mais elevado, sendo considerada Aldeia Histórica. A população ainda se dedica à agricultura, criação de gado e, alguns, à apicultura. Os telhados típicos das casas são construídos em lajes, e as portas de madeira pintadas de azul. É conhecida por “Aldeia Presépio” devido à disposição da mesma na encosta, e também pela imagem da própria aldeia iluminada à noite. Piódão recebeu, nos anos 80, o galo de prata, conferindo-lhe assim um título de “aldeia mais típica de Portugal“.

Além do Piódão, toda a região da Cordilheira é de passeio obrigatório, sendo parte da zona das Aldeias do Xisto. Poderá assim visitar aldeias como Benfeita, Fajão, Casal Novo, Comareira, Agra Nova, entre muitas outras.

Aproveite para provar a gastronomia da região, onde se destacam os maranhos, os queijos, enchidos, feijões com couves, a broa de milho, caldudo, entre outras iguarias.