Tag Archives: rio sado

Reserva natural do Estuário do Sado – Série reservas naturais

A Reserva Natural do Estuário do Sado possui 23 mil hectares e é uma área protegida pela Península de Tróia que se formou há mais de 5.000 anos. Continue a ler e poderá saber mais sobre o que fazer no rio Sado e na sua periferia.

Este estuário a 45 kms de Lisboa foi declarado Reserva Natural por se considerar estar em perigo devido à poluição que o rodeava. Desta forma é possível manter a sua integridade botânica e faunística.

O rio Sado nasce na Serra da Vigia e percorre 180 kms, desaguando no Atlântico entre Outão e a ponta de Tróia. O estuario é uma das maiores zonas húmidas do país, motivo pelo qual é um dos lugares preferidos por diferentes espécies de aves.

Todos aqueles que ouvem falar deste lugar imediatamente se lembram dos golfinhos que se passeiam por este sitio, conhecidos como os “golfinhos do Sado” e que se podem avistar quando se efetuam passeios pelo rio.

Igualmente para os amantes da observação de pássaros, este lugar é um pequeno paraíso, pois quem tiver sorte poderá avistar cerca de 100 espécies diferentes num só dia, especialmente em sítios como a Ilha do Cavalo e o Açude da Murta.

Entre os mamíferos que habitam o rio, além do golfinho do sado, também existem ginetas, saca-rabo e lontras.

Alguns dos espaços de interesse a visitar nesta zona são as cabanas da Herdade do Pinheiro, montes e fornos romanos, o moinho da maré na Herdade da Mourisca e o porto de pesca na Carrasqueira.

Na Toprural encontrará várias casas perto das praias do Sado, caso queira conhecer esta reserva natural.

O que fazer no Rio Sado

Ao longo deste texto encontrou certamente algumas dicas que lhe permitem tomar uma decisão sobre que lugares visitar quando estiver nesta região. Contudo, não se esqueça de:

Fazer um tour de barco pelo rio para ver os golfinhos do sado. É sem dúvida uma ocasião muito especial para miúdos e graúdos poder avistar estes mamíferos tão maravilhosos.

Visitar os fornos romanos e descobrir séculos de história. Estes fornos são muito particulares e únicos em Portugal e sem dúvida uns dos mais especiais.

– Visitar o moinho da maré: é fantástico poder ver como o homem trabalhava em paz junto à natureza. Este testemunho da indústria medieval é uma oportunidade única de fazermos uma descoberta sobre as nossas raízes humanas.